11.

Tentando aprender a lidar com toda essa confusão mental
que é nova demais pra mim.
Seguindo seus próprios conselhos, me preparando pra
recriar minha vida, recriar a mim mesma.

Tudo mudou, eu mudei.
Reaprendi a sentir, desaprendi a bloquear, aprendi a viver.
Ainda tento entender tudo o que aconteceu; foi rápido demais, intenso demais.

Fui libertada de correntes inexistentes, criadas por mim mesma;
nunca descobri tanto sobre mim mesma,
nunca entendi como alguém podia me entender tão bem.
Ainda não entendo.

Preciso me reinventar, me reestruturar.
Não me arrependo de nada,
mas nunca mais quero precisar de alguém quanto eu precisei dele,
como eu ainda preciso.

Os sentimentos mudaram, a situação também
mas há coisas que continuam iguais: ele ainda faz com que eu nunca me sinta só e
eu ainda não consigo esconder nada dele.


E isso sempre foi o que mais me assustou. 

0 comentários:

Postar um comentário

 

Metas 2015

  • Fazer 4 tatuagens.
  • Emagrecer.
  • Dar início ao projeto da minha linha de lingerie.
  • Conhecer pessoas.
  • Conhecer a mim mesma.
  • Aprender a desenhar.
  • Aprender a costurar.

Translater